Os problemas de visão na infância

A miopia e o astigmatismo são os problemas de vista mais comuns nas crianças

Vilma Medina

Vilma Medina

A miopia, o astigmatismo e a hipermetropia são os problemas de vista mais comuns em crianças e bebês. Segundo a Academia Americana de Oftalmologia, os problemas de vista como a miopia, a hipermetropia, o estrabismo, ou outros, afetam mais de 20 por cento das crianças em idade escolar.

Isso significa que um de cada quatro escolares sofre algum problema visual, pelo que é muito importante que as crianças sejam examinadas para identificar possíveis problemas visuais que possam prejudicar seu desempenho acadêmico. Tudo isso pode ser consequência do grande esforço intelectual, que se vêem submetidos os pequenos desde as idades menores. A televisão, o computador, etc., são aparelhos que exigem muito do sistema visual da criança, chegando a impedir, em alguns casos, seu adequado desenvolvimento.

Sintomas dos problemas de vista nas crianças

Os problemas de vista das crianças

- Se o seu filho apresenta dor de cabeça ao sair da escola, tem olhos irritados ao fazer suas tarefas escolares ou franzir a testa no momento de ler, provavelmente se deva a uma dificuldade na visão.

- As crianças podem ter problemas refrativos como miopia, hipermetropia e astigmatismo, como também problemas como estrabismo: olhos desviados (ou cruzados); ambliopia: olho preguiçoso ou a ptose: queda da pálpebra superior, que podem alterar a vida escolar dos pequenos estudantes.  

- O cuidado dos olhos nas crianças também inclui protegê-los dos efeitos dos raios UV emitidos pelo sol.

Crianças e bebês miopes

As crianças que sofrem miopia, se caracterizam por não verem corretamente os objetos ou pessoas que se encontram longe. As crianças podem apertar os olhos para enfocar melhor. Aquelas que não usam óculos, normalmente, são mais tímidas e distraídas, e preferem atividades como a leitura, pintura ou trabalhos manuais.

Os sintomas podem ser confundidos com transtornos da escrita, como é o caso da dislexia, já que muitas crianças, por não conseguirem ver bem, podem trocar, ao copiar de uma lousa, letras como o p com o q, ou a letra d com a b. Nesses casos o melhor é consultar um oftalmologista, o antes possível.

Hipermetropia em crianças e bebês

A hipermetropia é justamente o contrário da miopia. Os afetados pela hipermetropia tem uma percepção borrada de objetos próximos. É normal das crianças, ao forçar a vista, apresentarem dor de olhos ou cabeça, lacrimejar, e piscarem frequentemente. Geralmente, preferem brincar ao ar livre.

O astigmatismo nas crianças

Uma pessoa com astigmatismo percebe uma visão deformada das coisas, tanto de longe como de perto. Pode estar associado à miopia ou à hipermetropia, apresentando sintomas de ambas patologias.

Ambliopia ou olho vago nas crianças

Ambliopia ou olho vago, consiste na perda parcial da visão em um ou nos dois olhos de uma criança que não pode ser corrigida com lentes. Pode corrigir-se quando se detecta e se trata antes dos 7 anos. Se não se trata antes dessa idade pode implicar numa grande perda de visão do olho afetado, dado que este não se desenvolve adequadamente e, pouco a pouco, vai deixando de trabalhar, de estimular-se, com o que acaba perdendo a capacidade de visão. Essa patologia ocular se apresenta na idade infantil, portanto sua detecção precoce é fundamental para um tratamento adequado.

Estrabismo em crianças e bebês

O estrabismo é uma perda de paralelismo dos olhos, onde cada um deles aponta em direção diferente. Esse defeito ocular supõe um problema grave do sistema visual que deve ser avaliado imediatamente por um especialista.

Transtornos causados pela televisão nas crianças

Transtornos causados pela televisão nas crianças

Exposição demasiada diante da televisão diminui a capacidade de concentração das crianças. Duas horas por dia diante da tela aumentam o risco de transtornos de atenção.

Dor de cabeça nas crianças

Dor de cabeça nas crianças

A enxaqueca é hoje uma das doenças mais frequentes entre as crianças. As crianças também sentem dores de cabeça. Aproximadamente 10 por cento das crianças que vão à creche ou jardim de infância, e 50 por cento dos que vão ao curso primário, sofrem, ou já sofreram de enxaqueca, dores de cabeça repetidas, acompanhadas de outros sintomas.

Conjuntivite em bebês e crianças

Conjuntivite em bebês e crianças

A conjuntivite é a inflamação da membrana ocular, acompanhada de vermelhidão e secreção. A causa da conjuntivite pode ser infecciosa, alérgica ou tóxica. Como tratar a conjuntivitis na infancia.

Piolhos ou Pediculose

Piolhos ou Pediculose

O que fazer quando a criança tem piolhos ou lêndias. É cada vez mais frequente, principalmente em épocas de mais calor, o aparecimento de pediculose em crianças de idade escolar. Vem sendo observado um aumento nesse sentido, sobretudo nos colégios. Os piolhos constituem um problema sanitário que independe de classe social.

Lentes de contato para crianças: Sim ou não?

Lentes de contato para crianças: Sim ou não?

Cada vez são mais as crianças que utilizam lentes de contato diariamente ou para realizar alguma atividade esportiva, já que agora sentem-se mais seguros para correr, brincar, sem a preocupação de que uma pancada possa quebrar os óculos que utilizavam antes.

A visão de crianças e bebês

A visão de crianças e bebês

Estudos mostram que 20% das crianças necessitam de alguma correção visual. A menor dúvida que seu filho tenha problemas de visão, consulte logo um especialista. Estar atento a qualquer sinal poderá evitar problemas no presente e no futuro. Os especialistas recomendam que a criança passe por um exame ótico com alguma frequência. O ideal seria a cada dois ou três anos, a partir dos 3 anos de idade.

81 comentarios

  • Roberta

    2017-03-08 15:51:42

    Ola...recebeu alguma resposta....o grau diminuiu?

  • luiza

    2016-12-01 19:38:30

    Olá Milene, Meu filho tbm tem alto grau de astigmatismo e hipermetropia. gostaria de saber com vc o que fazer. estou muito preocupada

  • 2016-10-07 18:17:57

    Olá Lucilliam Nestes casos por ser uma criança de apenas 02 anos de idade o oftalmo não receita o grau que realmente necessita imediato. Pois como o grau é forte e por estar indo usar óculos pela primeira vez, a criança precisa primeiramente se acostumar e se passar de imediato o grau necessário esta criança pode não vir a se acostumar e ter alguma reação desconfortável tipo: dores de cabeça,nausea etc.. Espero ter ajudado

  • 2016-09-27 22:55:55

    oftalmologista infantil urgente.

  • Nathalia

    2016-09-22 04:32:07

    Olá Boa noite!! Minha filha reclama muito de dor nas vistas e também de enxergar embasado ai então levei ela no oftalmologista e ele me disse que ela teria que usar óculos ant-reflexo,mas por motivos financeiros não pude comprar ai eu depois de um ano voltei a levá-la no oftalmologista e este me disse que as vistas dela está normal e me passou um colírio e me mandou usar por um mês e se não melhorar retorna ao médico. Oque fazer diante dessa situação? Obrigado pela atenção!

  • Andrr

    2016-09-09 11:56:38

    Meu filho de 4 anos tem leve estrabismo a médica fez os exames e passou 6 graus de cada olho, depois de 6 meses voltamos e continuou com os mesmos graus, 6 meses depois retornamos e outro médico o examinou e passou 6.5 do olho direito e 6.75 do outro olho. Pessei que com tempo o grau ia diminuir pois está almentando. O que devo fazer paga um médico particular pra tirar minhas duvidas e o que pode acontecer com a visão do meu filho. Desde de já agradeço.

  • ansilas

    2016-03-30 20:31:36

    oi. meu neto tem o mesmo problema. queria um contato seu pra falarmos sobre isso.

  • Juliana

    2015-09-29 17:22:11

    Meu filho tem 5 anos e deu no exame 5 graus de hipermetropia e astigmatismo 3,5 ou vice versa, fiquei muito preocupada, nunca percebi nada, só levei para fazer o exame pq a professora percebeu o cansaço dele. Gostaria de saber se é normal dar um grau tão alto ou se preciso repetir o exame outro laboratório. Grata Juliana

  • Andreia

    2015-01-23 04:58:35

    Gostaria de saber sobre a miopia severa em crianças, meu filho tem 5 anos e o grau dele esta aumentando cada vez mais! tem cura?

  • Liandro Nunes

    2014-02-14 13:39:48

    Meu filho foi ao medico hoje e o medico falou que um de seus olhos não esta desenvolvendo bem e que ele precisa usar óculos imediatamente o olho esta precisando de 4,75 e o outro 2,0. fiquei muito preocupado e queria saber se isso pode se agravar ou se pode ser revertido ele tem 6 anos e 10 meses. aguardo a resposta.

Ad