O sono infantil. Como dormem as crianças

Por que é tao importante para a saúde e o crescimento que as crianças durmam bem

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Criar hábitos na hora de dormir, adequados à cada idade da criança, pode ajudá-la a que durma e descanse melhor. É conveniente determinar e respeitar os horários de sono das crianças, bem como a hora que devem levantar-se, dia a dia.

O sono é importante durante todas as etapas das crianças, porque cumpre uma função reguladora no organismo delas.

As etapas de sono infantil

Conheça as etapas do sono infantil

Quando falamos em sono infantil, nos referimos ao período diurno ou noturno durante o qual as crianças descansam, assimilam e organizam o visto e aprendido, amadurecem física e psiquicamente, e iniciam e exercitam sua independência do mundo exterior e dos seus pais, por um tempo que é variável segundo sua idade e conduta.

O sono cumpre uma função reguladora e reparadora no organismo. É essencial para o controle da energia e temperatura corporal. O sono reabastece e restaura os processos corporais que sofreram durante o dia.

O sono REM. Sono de movimentos oculares rápidos (REM, sigla em inglês): é a fase ativa do sono, em que o cérebro permanece ativo. E também a mais curta.

O sono NÃO REM. Sono NÃO REM é a fase tranquila e profunda do sono. E também a mais longa.

O sono está dividido em quatro etapas que vai-se aprofundando progressivamente, e duram cerca de 90 minutos cada uma e sempre obedece a uma mesma ordem: sono REM (mais leve e curto) e o sono NÂO REM (mais profundo e longo). O que quer dizer que todos os bebês transitam por ciclos de sono superficial e profundo durante uma mesma noite. Conforme o bebê vai crescendo, o normal é que os sonos REM, vão diminuindo e os NÂO REM vão aumentando. Na idade de 4 meses, por exemplo, o bebê consegue dormir 3 ou 4 horas seguidas.

O sono infantil. Como devem dormir as crianças

Durante os 90 minutos de sono profundo, acompanhado nos extremos pelo sono leve, o bebê experimenta um estado de semi alerta. Nesses momentos é quando o bebê está propenso a despertar-se. Mas minutos depois, entrará na fase mais profunda, completando seu descanso noturno de quase 8 horas.

Assim,  temos que respeitar esses intervalos não os interrompendo, para que se tornem uma rotina. Fazer com que a criança concilie o sono é uma tarefa difícil, um verdadeiro desafio. Mas se respeitamos seu ritmo, tudo será mais fácil. Um recém-nascido, por exemplo, já tem um modo próprio de dormir e de despertar-se. Aos pais cabem gerar o ambiente apropriado para que que isso se estabeleça. Se ao despertar, o bebê não encontra uma resposta imediata, se verá obrigado a encontrar sua própria rotina para seguir dormindo.

Como ajudar as crianças a que durmam melhor

O primeiro é estabelecer uma rotina, com horários e hábitos que façam as crianças se sentirme mais seguras. Logo, adotar atividades que atraiam as crianças para a cama. Para isso é necesario observar a criança prá saber o que a faz sentir mais calma e mais atraida à cama: uma canção, um conto, uma massagem

As etapas do sono infantil são muito pessoais, mas cabe aos pais ir orientando ao seu filho pouco a pouco ao sono. Os bebês normalmente dormem quando se sentem cansados. Só chorarão se sentem moléstias ou problemas para dormir. O ideal nestes momentos é ajudar-lhes a dormir, com uma canção de dormir, um colinho bem quentinho e cheio de afeto, uma chupeta, etc. O importante é não esquecer que toda atividade que se adopte para ajudar a dormir a um bebé, pode se transformar num hábito.